Archive for the ‘Divagando’ Category

Varanda

Dezembro 3, 2010

Olho para trás e me espanto ao lembrar como era minha forma de pensar 

Frustrações e tapas na cara me levaram a evoluir

Ao mesmo tempo desisti, decaí

Nunca fui de lutar, sempre fui de me acomodar

Hoje me sento na varanda do mundo para observar o movimento

E o que assisto é o caos

O panorama não me agrada

Vejo o excesso de hipocrisia e falsidade da humanidade, o egoísmo e o capitalismo

Gente se importando com a vida da gente

Gente não se importando com a vida de gente

Reparo que muitas são as pessoas pra te empurrar do precipício, mas poucas são as que estendem a mão em um gesto de bondade

Gentilezas são mais escassas que atrocidades

Alguma coisa está errada, os valores estão invertidos

Ou perdidos…

Anúncios

Cruzadas

Outubro 4, 2010

“Lute pela pessoa, sei que ela é a certa pra você.” Foi mais ou menos essa a frase no fim do e-mail lido. Depois de ler, confesso que pensei muito sobre o assunto. Lutar, lutar, lutar… Mas como? Essa seria uma batalha e tanto, teria que nadar contra a correnteza além de concorrer com um passado, presente e futuro. Desafio com alto grau de dificuldade. Sem saber por onde começar, ou como agir, mantive a conduta passiva. Revolução, guerra e determinação nunca foram a minha cara. Sou maleável, acomodada… brasileira.

Voltando a pensar no assunto outras vezes, me dei conta, e pela primeira vez agradeci meu comodismo, de que se uma pessoa é, teoricamente, certa para mim não significa que eu seja certa para ela. E é isso que me leva a próxima base de reflexão: se você luta por amor, luta por uma pessoa que já tem outra – que é a certa pra ela – que a faz feliz é uma batalha por egoísmo e não por amor. Quando você ama alguém é a felicidade dela que realmente importa – por mais que a felicidade dela dependa de fatores que não te façam feliz.

Luta passional, pra mim, pode-se comparar a tantas guerras religiosas já traçadas ao longo da história nas quais eram disputadas por um – aparente – motivo nobre, mas no fundo não passavam de guerras, como quaisquer outras! Tirar alguém de uma relação estável e feliz para encontrar a felicidade própria é egoísmo. E hipócrita é quem diz o contrário! Quem ama não luta pela pessoa e sim pela felicidade dela.

Apatia?

Abril 30, 2010

Felizes aqueles que conseguem ou, aqueles que conseguem são infelizes e incompletos? 

Há quem diga que o que nos distancia dos animais são as emoções e o polegar. Assim como há os que afirmem que emoção é para os fracos; mas nós humanos não somos frágeis? Então, sentir ou não sentir? 

Pelo sim, pelo não, trabalho o auto-controle. Sentir em silêncio é a saída. E cofesso que… não, confessar isso agora seria expor um dos meus sentimentos momentaneos, fraqueza, então… Boa tarde!

Me pergunto

Abril 28, 2010

Admitir para si, e para todos, que você é uma má pessoa te faz um pouco melhor ou pior ainda?