Varanda

Olho para trás e me espanto ao lembrar como era minha forma de pensar 

Frustrações e tapas na cara me levaram a evoluir

Ao mesmo tempo desisti, decaí

Nunca fui de lutar, sempre fui de me acomodar

Hoje me sento na varanda do mundo para observar o movimento

E o que assisto é o caos

O panorama não me agrada

Vejo o excesso de hipocrisia e falsidade da humanidade, o egoísmo e o capitalismo

Gente se importando com a vida da gente

Gente não se importando com a vida de gente

Reparo que muitas são as pessoas pra te empurrar do precipício, mas poucas são as que estendem a mão em um gesto de bondade

Gentilezas são mais escassas que atrocidades

Alguma coisa está errada, os valores estão invertidos

Ou perdidos…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: